Malouf devolve R$ 233 mil e PGR ameaça romper acordo de delação

820fca8502feb75da78304c2c43b6044

A Procuradoria-Geral da República (PGR) citou a possibilidade de romper o acordo de colaboração premiada fechado com o empresário Alan Malouf, delator na Operação Rêmora. Das três parcelas que deveria ter pago até aqui, Malouf teria feito o pagamento de apenas uma, no valor de R$ 233,3 mil, em 27 de maio deste ano.

A informação consta em uma decisão do ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF) de 11 de novembro. O ministro determinou que o parecer da PGR seja encaminhado à 7ª Vara Criminal de Cuiabá, que é responsável atualmente pela execução da colaboração de Malouf.

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *