United vence clássico e deixa City a 14 pontos do líder Liverpool

Rashford, de pênalti, e Martial marcam os gols dos Diabos Vermelhos ainda no primeiro tempo
2019-12-07t193535z_1587352889_rc2jqd9qy0uf_rtrmadp_3_soccer-england-mci-mun-report

Resumão

Manchester é vermelha neste sábado – e, aparentemente, também toda a Inglaterra. O United fez ótimo primeiro tempo, aguentou a pressão no fim e venceu o City por 2 a 1, fora de casa, mas de quebra ajudou outro rival, do Liverpool, que ampliou a diferença para o atual campeão para 14 pontos em 16 rodadas de Premier League. O Leicester, vice-líder, está 11 atrás, mas ainda joga no domingo.

O JOGO

Clássico para ninguém botar defeito. O United castigou o City em contra-ataques no primeiro tempo e construiu enorme vantagem com gols de Rashford, em pênalti sofrido pelo próprio, e Martial, em boa jogada individual. Os donos da casa melhoraram um pouco na etapa final, acumularam escanteios e obrigaram De Gea a trabalhar. Mas o gol demorou a sair, só aos 40 minutos, com Otamendi. Não houve tempo para buscar o empate.

É JOGO GRANDE?

Solskjaer estava na corda bamba até a última semana, mas conseguiu vencer Tottenham e Manchester City na sequência. Certamente ganhou mais tempo para trabalhar e tentar devolver o Manchester United ao lugar que se espera.

AINDA DÁ PARA O TÍTULO?

O time de Guardiola está agora a 14 pontos do líder Liverpool. Ninguém conseguiu ser campeão na história do Campeonato Inglês com uma desvantagem dessa. O United, aliás, está agora mais perto do City (32 a 24) do que o City do Liverpool (46 a 32).

OS BRASILEIROS

Enquanto Fred foi destaque no Manchester United (Andreas Pereira entrou na etapa final), ninguém foi muito bem no City. Gabriel Jesus desperdiçou ótima chance em peixinho no primeiro tempo, enquanto Fernandinho e Ederson sofreram com as investidas velozes dos Diabos Vermelhos.

Fonte: Globo Esporte

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *