Ruralistas preveem mais conquistas no Congresso em 2020

643396ef10bdc5cb7504c90f22032e60

Uma das principais bancadas do Congresso, com 285 membros, a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) foi protagonista na formação e na sustentação do governo do presidente Jair Bolsonaro em seu primeiro ano de gestão.

Teve poder na escolha de ministros, na definição de presidentes de órgãos importantes e ocupou cargos estratégicos no Palácio do Planalto, além de bancar votações decisivas nos plenário da Câmara e do Senado. Em meio a toda essa influência, alcançou vitórias históricas no Legislativo. Falhas na articulação política reconhecidas por seus líderes, impediram que os resultados fossem ainda melhores, mas estão sendo “corrigidas” para consolidar o avanço em 2020.

Com ou sem falhas, o alinhamento e a influência direta da bancada ruralista no Poder Executivo já garantiram medidas estruturantes, e há tempos desejadas, para o agronegócio nacional. Embora os recursos do crédito agrícola subsidiado tenham encolhido, houve melhora no ambiente de financiamento no mercado privado com a “MP do Agro” (897/2019), que deverá ser referendada em março.

Novas regras para regularização fundiária, implementadas também por medida provisória (910/2019), beneficiaram milhares de produtores, e a abertura de prazo indefinido para adesão ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) evitará problemas para outros tantos. A revisão de normas nos processos de fiscalização trabalhista e ambiental foi outro passo bem recebido.

Fonte: O Globo

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *