Hospital do Câncer perde R$ 4 milhões da União por atraso no protocolo

a4889f9b1926dc8b8eb824d84250faf2

O Ministério da Saúde reprovou, na terça passada (24), nada menos que 212 projetos em todo país, sendo três do Hospital do Câncer, que pleiteou R$ 4,1 milhões junto ao Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (PRONON). Perdeu prazo.

Com sede em Cuiabá, a Associação Mato-Grossense de Combate ao Câncer tentou R$ 1,9 milhão para auxiliar o hospital na melhoria do seu resultado de gestão, dentro de uma estimativa orçamentária de R$ 5 milhões.

O outro projeto, com mesmo valor pleiteado, seria para estruturação da atenção especializada de saúde oncológica em Mato Grosso, com aquisição de equipamentos modernos para facilitar o diagnóstico da doença. O terceiro, também indeferido, seria de R$ 2,3 milhões para o hospital instalar energia solar, através de painéis fotovoltaicos, uma forma de minimizar os custos com energia elétrica.

O secretário-executivo do Ministério, João Gabbardo dos Reis, explica que as entidades credenciadas perderam prazos para apresentação de projetos, que deveriam ter sido protocolados até 16 de outubro.

Blog do Romilson;RD NEWS

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *