Goleiro Bruno estaria negociando contrato com o Cuiabá Esporte Clube

C59D5676E29D466FE82F811AF0FDE4E35134_goleirobruno-678x381

O goleiro Bruno Fernandes, que já foi condenado a mais de 20 anos de prisão pelo sequestro, assassinato e ocultação do cadáver de Eliza Samudio, estaria negociando seu retorno ao futebol profissional com três clubes, entre eles o Cuiabá Esporte Clube.

Bruno ficou nove anos preso pela morte de Eliza Samudio e deixou a prisão em julho de 2019, após conseguir na Justiça a progressão de regime para o semiaberto. Em agosto de 2019 ele assinou contrato com o Poços de Caldas F.C., porém deixou o clube dois meses depois.

De acordo com informações do R7, o goleiro Bruno estaria agora negociando com os times Tupi, de Juiz de Fora em Minas Gerais, Fluminense de Feira de Santana, na Bahia, e o Cuiabá Esporte Clube. Bruno precisaria da autorização da Justiça para deixar a cidade de Varginha (MG), onde tem mantido uma rotina de treinos.

O site Olhar Direto entrou em contato com a assessoria e presidência do Cuiabá Esporte Clube, mas não fomos atendidos.

Olhar Direto

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *