Líder do “Novo Cangaço” e comparsa são executados a tiros em Nobres

Lindomar Alves de Almeida, mais conhecido como “Nenezão”, é acusado de ser um dos líderes no Novo Cangaço em MT
71b3bc92cc7d89cd8f4989ec53ecde47

Um homem acusado de ser um dos líderes do “Novo Cangaço” (modalidade de assaltos a bancos) foi assassinado a tiros em Nobres (146 Km ao Norte de Cuiabá) na manhã desta sexta-feira (03), juntamente com um comparsa. Lindomar Alves de Almeida, mais conhecido como “Nenezão”, além do homem que estava com ele, identificado apenas como Geraldo, estavam em uma caminhonete Hilux, quando foram interceptados por dois homens que chegaram em um veículo de cor branca e já chegaram atirando.

De acordo com o Boletim de Ocorrência da Polícia Militar, eles estavam em rondas pela avenida Getúlio Vargas, quando foram acionados por pessoas da comunidade, que informaram que uma caminhonete Hilux de cor prata, parou na rua Cuiabá e que logo após parou um veículo de cor branca atrás, de onde desceram dois indivíduos encapuzados com arma longa e que efetuaram alguns disparos nos dois ocupantes da caminhonete.

Lindomar morreu no local dentro da caminhonete de placa QBK-0120 de Cuiabá, Geraldo ainda estava com vida quando foi solicitada a ambulância que o socorreu, porém não resistiu aos ferimentos e morreu antes de chegar no hospital.  Os dois são moradores da cidade de Nobres e segundo a Polícia são conhecidos pelas praticas de crimes e têm passagens pela Polícia. No local do crime foram encontrado cartuchos de calibre 12. Diante dos fatos, foi solicitada a Polícia Civil e logo após a Politec.

 

PNB On Line

Foto PMMT

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *