Reforma da Previdência: veja quais deputados votaram contra os servidores de MT

sessao plen 08

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), aprovou na sessão noturna desta quarta-feira (08), o projeto do Executivo que aumenta a alíquota da Previdência de 11% para 14%. Foram 14 votos favoráveis contra 9 contrários, além de uma ausência por questões médicas.

A matéria, agora, será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça, antes de ser votada em caráter definitivo pelo plenário do legislativo. Porém, a votação pode ficar para a próxima semana. Isso porque, o deputado Lúdio Cabral (PT), membro da CCJ da AL, já anunciou que irá fazer pedido de vistas na comissão. A vista tem prazo regimental de 48 horas.

De acordo com o deputado estadual João Batista (Pros), os parlamentares não tiveram tempo para discutir e analisar todo o conteúdo da proposta e destacou que o governador quer replicar o mesmo texto da reforma federal, que, na prática, vai inviabilizar a aposentadoria dos trabalhadores e exigir um sacrifício maior aos aposentados.

“Todas as mensagens enviadas pelo governador chegam em curto espaço de tempo, inviabilizando os debates e as discussões entre os parlamentares. Um tema como este é preciso ser discutido com tempo e responsabilidade”, frisou.

O parlamentar lamentou ainda, a taxação nos proventos de aposentados a partir de um salário mínimo (R$ 1.039,00), que atualmente contribuem a partir do teto do INSS (R$ 5.839,45). “Desse modo, os que recebem os menores salários pagarão proporcionalmente mais. Grande parte dos aposentados sofrem com altos percentuais de descontos consignados, mais uma taxa de 14% vai condená-los a morte. Não acho justo o governo do estado meter a faca nos servidores desta forma”, disse João Batista, com timbre de revolta.

Finalizando sua fala em defesa dos trabalhadores e da classe menos favorecida do estado, o deputado convidou os servidores para estar presentes, lotando as galerias da Casa de Leis. “Se os servidores não se mobilizarem, o ferro vai ser muito maior na segunda etapa da reforma da Previdência”, concluiu.

VEJA COMO VOTOU CADA DEPUTADO NA ALMT:

FAVORÁVEL A REFORMA:

Eduardo Botelho (DEM)
Dilmar dal Bosco (DEM)
Wilson Santos (PSDB)
Carlos Avalone (PSDB)
Romoaldo Junior (MDB)
Sílvio Favero (PSL)
Dr. Eugênio (PSB)
Dr. Gimenez (PV)
Faissal Calil (PV)
Valmir Moretto (PRB)
Ondanir Bortolini (PSD)
Xuxu Dalmolin (PSC)
Sebastião Rezende (PSC)
Ulysses Moraes (DC)

CONTRA A REFORMA:

Paulo Araújo (PP)
Lúdio Cabral (PT)
Valdir Barranco (PT)
Claudinei Lopes (PSL)
Elizeu Nascimento (DC)
Thiago Silva (MDB)
João Batista (Pros)
Max Russi (PSB)
Doutor João (MDB)

AUSÊNCIA MÉDICA
Janaína Riva (MDB)

 

 

Com informações da Assessoria de Imprensa do deputado João Batista

Foto: Luciene Lins

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *