Deputado João Batista lamenta morte de policial penal de Nova Xavantina

IMG_20200122_114647_201

Durante visita na Cadeia Pública de Barra do Garças, o deputado estadual João Batista (Pros), foi surpreendido com a triste notícia do falecimento do policial penal Hermes Lima Júnior de 37 anos, que faleceu nesta quarta-feira (22), em decorrência de um acidente de trânsito no município de Nova Xavantina (650 km de Cuiabá).

O parlamentar gravou um vídeo ao lado de policiais penais da unidade prisional e publicou em suas redes sociais, lamentando o ocorrido que causou comoção em toda categoria.

“Lamentamos profundamente o falecimento desse guerreiro que é com certeza, uma grande perda para o sistema penitenciário. Toda categoria está de luto por um irmão de farda que se foi. A dor que sentimos é imensurável. Aos familiares e amigos deixo meus sinceros sentimentos pesar, que Deus conforte nossos corações”, disse João Batista com a voz embargada de tristeza.

O deputado destacou ainda, o trabalho desenvolvido pelo policial durante sua carreira no Sistema Penitenciário do Estado. “Hermes era um profissional extremamente dedicado nas funções que desempenha. Era instrutor, atuava com determinação e coragem. Partiu deixando um enorme legado para a polícia penal, uma perda irreparável”, frisou.

O acidente:

De acordo com boletim de ocorrências lavrado pela Polícia Militar, Hermes Lima Júnior sofreu um grave acidente enquanto trafegava com sua motocicleta na ponte sobre o Rio das Mortes, no município de Nova Xavantina.

Segundo informações dos policiais que atenderam a ocorrência, Hermes chocou sua motocicleta com outra moto, pilotada por Pedro Henrique Santos Ferreira, de 22 anos, aluno do último semestre do curso de Biologia do Campus da Unemat. A família informou que o rapaz não corre risco de morte, mas está sem memória e “repete sempre as mesmas palavras”, afirmou o irmão de Pedro.

O acidente ocorreu na madrugada do último sábado (18), e com a gravidade das lesões, Hermes foi levado às pressas para o hospital municipal, em seguida transferido para Goiânia, onde foi direto para UTI e desde então, seu quadro clínico agravou.

O policial penal que era filho do proprietário do Restaurante Águas do Manso, morreu na madrugada desta quarta-feira (22).

O corpo de Junior será translado para Nova Xavantina e a previsão de chegada é por volta das 02 horas da manhã desta quinta-feira (23). O velório será na Casa Mortuária e o sepultamento no Cemitério Cristo Redentor, ainda sem hora prevista.

Hermes Lima Junior deixou irmãos, o pai Hermes Lima e a mãe Ione Araújo. O policial não tinha filhos.

LUCIENE LINS/ Gabinete do deputado João Batista

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *