Comércio espera aumento de 5% nas vendas para a Páscoa

unnamed

Os comerciantes de Cuiabá estão otimistas com a expectativa de aumento nas vendas no período de Páscoa deste ano. Segundo a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Cuiabá), a previsão é de balanço positivo no setor com base na leve retomada econômica e no estímulo ao consumo que vem crescendo gradativamente nos últimos meses. Para a entidade, conforme análise de mercado, para este ano o incremento deve ficar em torno de 5% nas vendas em relação a 2019.

“A economia começa a andar e a confiança do consumidor tem aumentado. Por isso acreditamos em um aumento nas vendas se comparando com o ano passado”, comentou o superintendente da CDL Cuiabá, Fábio Granja.

A Páscoa é considerada uma das melhores datas para o varejo. Para Granja, o setor supermercadista é o primeiro a sentir a recuperação da economia neste período. “Já é possível se perceber que os ovos de chocolate começam a ganhar espaço nos supermercados, padarias e conveniências. Em algumas lojas o produto já está nas prateleiras e deve ficar ainda mais evidente no decorrer das próximas semanas, com a proximidade da data”, afirmou.

Em relação à antecipação das vendas, o superintendente afirma que o setor se convenceu de que a antecipação oferece maior facilidade para o consumidor.  Ele acredita ainda que outros produtos também são destaque neste período e tem suas vendas elevadas. “Não são apenas para os ovos de chocolate que têm incremento nas vendas, outros produtos como peixes, alimento tradicional nesta época do ano, também ganha destaque”, disse.

A CDL Cuiabá também aposta no aumento de negócios no setor de turismo. “É importante dizer que por termos um feriado prolongado, o setor do turismo também consegue obter melhores resultados, principalmente quando comparado com dias normais”, afirmou Granja.

Contratações temporárias

A indústria brasileira de chocolates divulgou uma nota informando que já gerou 14 mil vagas temporárias diretas e indiretas para atender ao período de Páscoa 2020, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Chocolate, Amendoim e Balas (Abicab). As empresas iniciam o planejamento para a data com cerca de 18 meses de antecedência e começam a contratar já em setembro do ano anterior.

“São oportunidades voltadas para a indústria, principalmente na fabricação de chocolates e para promotores em supermercados, além de pontos de vendas”, afirma o superintendente da CDL Cuiabá.

Fonte: PNB Online

Foto: Reprodução

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *