Suspeito de matar esposa com 18 facadas morre em troca de tiros com a PM

303bb2d3577ec5ceca72607b5d1ad01c

Odir da Rosa Santos, 23, morreu na madrugada de segunda-feira (2), após uma troca de tiros com a Polícia Militar de Peixoto de Azevedo (691 km ao Norte de Cuiabá). Ele é o principal suspeito de matar a esposa, uma jovem de 18 anos, com ao menos 18 facadas na última quinta-feira (27).

 

De acordo com as informações, a Polícia Militar recebeu denuncias anônimas de que o suspeito do feminicídio estava tentando fugir da cidade para o município de União do Norte por volta das 4h30.

 

Em rondas pela BR-163, policiais flagraram o suspeito dentro de uma região de mata e na tentativa de abordagem, ele resistiu. Policiais cercaram o local e aguardaram mais de 1h para que ele reagisse.

 

A troca de tiros começoiu quando Odir tentou fugir, mas ele acabou sendo baleado, não resistiu e morreu em seguida. Foi informado que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas por se tratar de um lugar de dificil acesso, não foi possível prestar socorro.

 

18 facadas 

Conforme a investigação, Laiany Lemes de Almeida estava em casa quando, por volta das 23h55, os vizinhos ouviram os gritos de socorro. Quando foram até a casa, flagraram o marido dela saindo em uma motocicleta.

A vítima estava caída com marcas de facada e muito sangue. Bombeiros foram acionados e constataram a morte da jovem. Ela tinha ao menos 18 marcas dos golpes da faca.

Irmã dela contou que o casal estava junto há dois e que tiveram dois filhos do relacionamento. Mas, que acabaram se separando nos últimos dias.

Fonte: Gazeta Digital

Foto: Reprodução

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *