Por 13 a 10, Câmara mantém trâmite a favor da cassação de Abílio

Vereadores derrubaram parecer da CCJ que pedia arquivamento do caso. Agora, parlamentares votam parecer da Comissão de Ética, que é favorável à cassação.
20200306_193008

Após nove horas de sessão, os vereadores da Câmara de Cuiabá derrubaram o parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) que indicava o arquivamento do processo que trata da cassação de mandato do vereador Abílio Júnior (PSC). Por 13 votos a 10 – e com uma abstenção – os vereadores rejeitaram o parecer. Agora, os vereadores devem votar o relatório da Comissão de Ética, que pode determinar a cassação do mandato do parlamentar.

 

Confira abaixo como votaram os parlamentares:

 

Votaram a favor do relatório da CCJ e pelo arquivamento da cassação

Vinicyus Hugueney (Progressista)

Abilio Júnior (PSC)

Diego Guimarães (Progressista)

Dilemário Alencar  (PROS)

Felipe Wellaton (PV)

Gilberto Figueiredo (PSB)

Lillo Pinheiro (PDT)

Marcelo Bussiki (PSB)

Sargento Joelson (PSC)

Wilson Kero Kero (PSL)

 

Votaram contra o relatório da CCJ e a favor da cassação

Marcos Veloso (PV)

Adevair Cabral (PSDB)

Orivaldo da Farmácia (Progressista)

Chico 2000 (PL)

Ricardo Saad (PSDB)

Doutor Xavier (PTC)

Juca do Guaraná Filho (Avante)

Justino Malheiros (PV)

Luis Claudio (Progressista)

Marcrean Santos (PRTB)

Mario Nadaf (PV)

Renivaldo Nascimento (PSDB)

Toninho de Souza (PSD)

 

Abstenção

Clebinho Borges (DC)

 

Seguindo a sessão, agora os parlamentares devem votar o relatório da Comissão de Ética, que pede a cassação de Abílio. O relatório será lido e em seguida cada vereador tem o direito a cinco minutos para debater o teor do relatório. Após esse procedimento, o vereador Abílio terá duas horas para fazer sua defesa na tribuna. Em seguida será feita a votação que pode levar à cassação do mandato dele.

 

Fonte: PNB Online

Foto: Assessoria

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *