Gisela Simona define delegado e policial federal como suplentes ao Senado

Screenshot_20200313-181336_Facebook
A definição aconteceu após conversas prolongadas durante todo o dia. Por volta das 23h30, a candidata Gisela Simona, que realizou sua convenção pela manhã com o Pros, definiu seus apoiadores.

Ao lado do deputado João Batista e do sindicalista Oscar Lino, Gisela confirmou o bloco e anunciou o apoio dos dois policiais.

Arthur já foi candidato em 2018. Na oportunidade ele tentou a vaga de governador. Já Christian Cabral é a maior surpresa do grupo. Polêmico, o policial se mostrou oposicionista ao o ex-governador Pedro Taques, tentou ser diretor geral da Polícia Civil, mas somente agora compõe um grupo político e surge como o segundo suplente.

As escolhas de Gisela e do grupo do Pros e Rede vão de encontro ao que vem apresentando outros candidatos. Dos 12 postulantes ao cargo suplementar de Senador, três são policiais. Sendo dois militares e um rodoviário federal.

Gisela surge com um patrulheiro da PRF e um delegado. Com mais essas escolhas, já podemos perceber que disciplinas, militarismo e serviço público serão o mote de alguns candidatos.

Em um vídeo divulgado na noite desta quinta-feira, Gisela agradece apoio do Rede e anuncia a composição da chapa. A ata da coligação está sendo fechada hoje e na sexta-feira deve ser encaminhada ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) para registro oficial. Veja abaixo o vídeo divulgado pela candidata.

Fonte: Olhar Direto
Footo: Reprodução

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *