Prefeitura de Cuiabá avalia decretar toque de recolher e rodízio de veículos

images (64)

A prefeitura de Cuiabá vai instalar grupo de trabalho permanente para avaliar semanalmente a necessidade de toque de recolher e rodízio de veículos. A informação foi divulgada pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) em pronunciamento neste sábado, transmitido ao vivo por meio de redes sociais.

As medidas podem ser decretadas por zona ou em toda cidade, segundo esclareceu o prefeito. Emanuel alertou que se a população seguir a recomendação de ficar em casa, o toque de recolher não será necessário.

O prefeito também determinou que aulas da rede pública continuam suspensas até o dia 10 de maio. Instituições privadas receberam recomendação para que sigam a decisão da prefeitura. Kits de alimentação continuarão sendo distribuídos aos alunos carentes.

Emanuel determinou ainda a suspensão do passe livre e da tarifa social até o dia 10 de maio. O prefeito garantiu a higienização dos ônibus no ponto final de cada linha e disponibilização de álcool em gel nos terminais e estações.

Somente 30% dos ônibus circularão: 10% atendendo trabalhadores da saúde e 20% atendendo trabalhadores de setores fundamentais. Será necessária apresentação de comprovante de trabalho.

A medidas são estabelecidas  com critério técnico científico, obedecendo as normas da Organização Mundial da Saúde (OMS). ​O novo decreto será publicado na segunda-feira (6).

 

Fonte Olhar Direto

Foto Otmar de Oliveira

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *