Soldado morre em treinamento do exército em Rondonópolis

Screenshot_20200414-210400_Facebook

Um soldado que passava por um treinamento na última terça-feira (7) no 18o Grupo de Artilharia de Campanha, de Rondonópolis (219km de Cuiabá) morreu na sexta-feira (10) após passar mal. Ele chegou a ser atendido e ficou alguns dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Unimed, mas não resistiu.

 

Segundo uma nota de falecimento emitida pela artilharia e o Grupo General Mello Bravo, o jovem, identificado como Rafael Luiz Marques Pereira era natural de Rondonópolis, e ingressou para prestar serviço militar obrigatório no dia 1o de março de 2020.

No dia em que passou mal, ele realizada as atividades de instrução previstas no Período de Instrução Básica (IBB). O jovem foi socorrido e levado à Unidade de Pronto Atendimento e, logo depois, transferido para a Unidade de Terapia Intensiva da Unimed.

O corpo de Rafael foi sepultado dia 11 de abril em Primavera do Leste. O Exército afirma que “encontra-se apurando todas as circunstâncias que envolveram o fato, por intermédio de um processo administrativo”.

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou um boletim que informava que ele chegou desidratado e sentindo muitas dores. Ele não conseguia falar o que tinha acontecido. Sua família também abriu um Boletim de Ocorrência com denúncia de tortura.

 

Fonte: Olhar Direto

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *