Na pandemia, cuiabanos desembarcam em Brasília para apoiar Bolsonaro

Screenshot_20200508-214540_Facebook

Sem respeitar o distanciamento social proposto pelas autoridades, cerca de 40 cuiabanos embarcaram a Brasília para apoiar o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). No movimento intitulado “Fechados com Bolsonaro”, os manifestantes foram protestar nas sedes das casas dos poderes Legislativo e Executivo.

 

mato-grossenses deixaram Mato Grosso na tarde de quinta-feira (7). Em uma foto postada nas redes sociais, nesta sexta-feira (8), é possível ver os cuiabanos momentos antes da viagem próximos a um ônibus.

Na imagem, é perceptível que os manifestantes não obedeceram às recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) de distanciamento social para evitar a proliferação da Covid-19, o coronavírus.

Nesta sexta-feira, o grupo se reune na Esplanada dos Ministérios para manifestar apoio ao governo do chefe do Executivo Federal que passa por uma crise após a saída do ex-juiz Sérgio Moro do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Neste sábado (9), os cuiabanos devem se juntar a outros “bolsonaristas” de diversos estados da Federação.

Apesar do não cumprimento das recomendações de distanciamento, o responsável pelo movimento, Rafael Yanekubo, da Direita Já, disse em entrevista ao HNT/HiperNotícias, na quarta-feira (6), que outras medidas contra a proliferação da doença seriam tomadas.

“Todas as medidas serão tomadas. A gente só vai poder viajar com máscaras, álcool em gel. Ou seja, nós vamos seguir todas as regras que foram estipuladas pelo governo. Porém, o distanciamento não será possível, pois é muito difícil nesse tipo de manifesto. São muitas pessoas. A gente evitar o máximo, mas eu acho meio complicado falar que as regras serão cumpridas certinhas. Mas, a gente tem orientado aos manifestantes seguir as orientações das autoridades”, garantiu na oportunidade.

Números em MT

Vale lembrar que Cuiabá é a cidade de Mato Grosso que mais registrou casos da doença. Só na Capital são 162 casos confirmados, seguido por Rondonópolis (53), Várzea Grande (24), Sinop (21), Tangará da Serra (13), Barra do Garças (13), Cáceres (12), Primavera do Leste (11), Nova Mutum (10), Lucas do Rio Verde (10), Jaciara (10), Mirassol D’Oeste (8), Sorriso (7), São José dos Quatro Marcos (6), Querência (5), Confresa (5), Chapada dos Guimarães (4), Peixoto de Azevedo (3), Jangada (3), Ipiranga do Norte (3), Curvelândia (3), Rio Branco (2), Poconé (2), Canarana (2), Aripuanã (2), Alta Floresta (2), Vila Bela da Santíssima Trindade (1), União do Sul (1), São Pedro da Cipa (1), Rosário Oeste (1), Poxoréu (1), Pontes e Lacerda (1), Pontal do Araguaia (1), Nova Monte Verde (1), Nova Lacerda (1), Lambari D’Oeste (1), Conquista D’oeste (1), Campo Novo do Parecis (1) e residentes de outros Estados (12).

Nas últimas 24 horas, surgiram 35 novas confirmações em Cuiabá (7), Rondonópolis (3), Várzea Grande (2), Barra do Garças (9), Cáceres (2), Nova Mutum (1), Lucas do Rio Verde (1), Jaciara (1), Sorriso (3), Chapada dos Guimarães (2), Jangada (1), Nova Lacerda (1) e residentes de outros Estados (2).

 

Fonte Hipernotícias

Foto Reprodução

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *