Prefeito de Cuiabá anunciará novo decreto mais rígido nesta quarta

images - 2020-06-09T221801.039

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), deve anunciar nesta quarta-feira (10) medidas mais rígidas de isolamento social por meio de um novo decreto. Nesta terça-feira (9), Emanuel está recluso em seu gabinete estudando dados da Secretaria de Ordem Pública, da Secretaria de Saúde e do Ministério da Saúde para embasar tecnicamente suas próximas ações.

Em nota divulgada nesta segunda (8), o prefeito reafirmou que jamais se furtará a adotar medidas, ainda que extremas. “Se houver um descontrole ou qualquer ameaça com o possível descontrole, não tenham dúvida de que adotarei qualquer medida, seja ela qual for, para proteger à saúde e a vida das pessoas”.

Acontece que Cuiabá já vive uma ameaça de descontrole, segundo declaração do secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, feita nesta manhã em uma live. “A Santa Casa e o Metropolitano já colapsaram. Só ontem à tarde recebemos 10 pedidos de vagas e não tinha. […] Não haverá leito de UTI para atender a todo mundo”, declarou o secretário.

Diante do alto número de casos confirmados em Mato Grosso, 4.243 até ontem, Gilberto pontuou que o Estado não tem capacidade para atender os doentes e alertou que as medidas de prevenção precisam ser mais rigorosas.

Por conta da pandemia, a Prefeitura de Cuiabá transformou a estrutura do antigo Pronto-Socorro no que hoje é chamado de Hospital de Referência para a covid-19 na Capital, onde foram disponibilizados 55 leitos de UTI, além de 170 leitos de enfermaria. Também foram disponibilizados 40 leitos de UTI no Hospital São Benedito, especificamente para pacientes com covid-19. Por último, foi aberta nesta segunda a UPA Verdão, que funcionará como retaguarda para o Hospital de Referência. 

Após a ocupação total dos leitos de UTI da Capital, os pacientes serão regulados para o São Benedito. Contudo, Gilberto Figueiredo também cobrou na live informações sobre esses leitos do São Benedito que, segundo ele, não está abrigando nenhum paciente do coronavírus no momento.

Fonte Gazeta Digital/Foto Reprodução

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *