Bolsonaro diz que seu exame deu positivo e inicia tratamento contra Covid-19

Screenshot_20200706-212023_Facebook

O presidente Jair Bolsonaro, 65, anunciou nesta terça-feira (7) que contraiu o novo coronavírus, após realizar um novo exame para detectar o vírus na segunda-feira (6).


Segundo a Secretaria Especial de Comunicação Social, “o presidente mantém bom estado de saúde”.


Segundo relataram interlocutores à reportagem, ele realizou o exame para a Covid-19 após sentir sintomas leves: febre baixa e tosse.


O presidente comentou a realização do teste na tarde de segunda, ao chegar no Palácio da Alvorada e conversar com simpatizantes.


“Eu vim do hospital, fiz uma chapa do pulmão, tá limpo o pulmão. Vou fazer exame do Covid agora há pouco, mas está tudo bem”, disse Bolsonaro. As suas declarações foram transmitidas por um canal bolsonarista no YouTube.


Ao descer do carro na ocasião, ele pediu que as pessoas no local não se aproximassem. “Não é para chegar muito perto não, recomendação aí para todo mundo.”


Bolsonaro disse à CNN Brasil na tarde de segunda que estava com 38ºC de febre e 96% de taxa de oxigenação no sangue. Ele afirmou ainda que estava tomando hidroxicloroquina.


Bolsonaro cancelou sua participação presencial em eventos nesta semana, entre eles a reunião do conselho de governo que tradicionalmente ocorre às terças-feiras.


Ele também relatou a aliados que deve realizar videoconferências nesta semana para evitar o risco de contágio caso tenha sido contaminado.

TRATAMENTO

Em entrevista à TV Brasil, nesta terça (07), o presidente Jair Bolsonaro, que testou positivo para Covid-19, disse que se sente bem e que tomou hidroxicloroquina e azitromicina, conforme receita médica.

Ele sentiu sintomas no domingo (05), como indisposição, cansaço leve febre.

Equipe médica decidiu dar hidroxicloroquina e azitromicina. “Como acordo muito durante a noite, depois da meia-noite senti uma melhora, às 5 da manhã tomei a segunda dose e estou me sentindo bem, disse Bolsonaro”.  Os resultados dos exames saíram nesta terça-feira.

No início da crise do coronavírus, o presidente minimizou o problema e disse que, devido ao seu histórico de atleta, caso pegasse a covid-19, não teria mais que uma gripezinha. Façam suas apostas!

Fonte Mídia News / Repórter MT

Foto Reprodução

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *