Prefeitura diz que é “fake” áudio sobre fechamento de postos e supermercados

a912554e-gettyimages-1208229424

A Prefeitura de Cuiabá afirma que é fake news um áudio que circula pelo Whatsapp de cuiabanos, desde a manhã de hoje (18), de que haverá um completo fechamento de supermercado e postos de combustíveis a partir de sexta (19) por conta da pandemia causada pelo coronavírus.

No áudio, um homem não identificado fala que se reuniu com o prefeito e outras autoridades da saúde, que anunciaram que os supermercados e postos de combustíveis vão poder funcionar até as 20h na sexta e ficarão fechados a partir deste horário e o fim de semana inteiro.

Também fala que haverá um lockdown completo na cidade e que, quem for pego, vai ser multado em R$ 500 por pessoa.

“O referido áudio não cita a cidade de Cuiabá, também não cita o nome do prefeito da cidade Emanuel Pinheiro, mas vem sendo disseminado por meio de WhatsApp, como sendo da capital mato-grossense”, pontua a prefeitura.

A prefeitura acrescenta que todas as comunicações oficiais de medidas e decretos em relação à pandemia são feitos pelo site da prefeitura e redes sociais do prefeito.

Mais fake news

Outro áudio classificado como fake news pelo Governo é o que tem uma mulher dizendo que há um surto de Covid-19 em crianças no Hospital Estadual Santa Casa.

“Isso não passa de uma grande mentira. É um desserviço para a sociedade o que essa mulher fez. Um crime”, afirmou a diretora da Santa Casa, Patrícia Neves, que ressaltou que não há nenhum surto ou criança internada na unidade por Covid-19.

No áudio, uma mulher afirma que “nós acabamos de ser chamados para uma reunião de urgência, aqui na Santa Casa, toda equipe da Santa Casa, todo o hospital está em reunião nesse exato momento”. Ela prossegue afirmando ainda que “a Santa Casa abriu um plano de contingência para receber crianças com Covid-19”.

A fake news continua ainda com ela dizendo que “pelo amor de Deus é sério, muito sério, estamos com muitas crianças internadas”.

A diretora da Santa Casa afirmou que nesse momento está registrando um boletim de ocorrência para que a autora do áudio seja localizada e responda criminalmente pelo fato.

“Todo o atendimento, em decorrência da pouca procura de pacientes infantis com Covid, foi repassado para o município de Cuiabá, em reunião entre as equipes técnicas do Estado e do município”, destacou Patrícia Neves.

Fonte: RD News / Foto: Reprodução Internet

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *