Atletas de MT recebem incentivo do Governo durante a pandemia

CLAS7684

Para garantir a permanência ativa dos atletas mato-grossenses nas competições e estimular cada vez mais a prática do esporte entre os jovens, o Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) investe na formação dos esportistas que, mesmo durante a pandemia da Covid-19, estão sendo beneficiados com recursos financeiros pagos pelo projeto Olimpus. “Nosso objetivo é dar oportunidade para que os atletas continuem sua preparação na modalidade esportiva de forma efetiva, conseguindo focar no seu treino sem ter que se preocupar com a situação financeira. Estamos trabalhando para diminuir as dificuldades e garantir bons resultados no esporte”, explicou o secretário da Secel, Beto Machado.

O projeto atende 157 atletas em Mato Grosso. Os esportistas de base e alto rendimento contemplados com o bolsa atleta recebem mensalmente de R$ 250 a R$ 600. Para os atletas das categorias nacional e elite, valores mensais são de R$ 900 e R$ 1.600.

Entre os contemplados com os recursos do projeto Olímpus, está o atleta paraolímpico, Joenil Rosa de Barros, 38 anos, que coleciona diversas medalhas conquistadas e várias competições nacionais. Ele explicou que com a chegada da pandemia da Covid-19, a vida do atleta ficou difícil, mas que o pagamento da bolsa foi um estímulo para não desistir do esporte.

“A chegada do pagamento do auxílio foi tudo na minha vida. Eu estava pensando em desistir, pois para ser atleta é preciso investimentos. Garças a chegada do programa do Bolsa Atleta, lançado pelo governador Mauro Mendes, voltei focado nos treinos para ter bons resultados nas competições fora do Estado.  Esse recurso nos auxilia nos gastos que temos nos treinos, locomoção, alimentação e outros. Sem o programa, acho que já teria parado”, disse.

Nayara Karoline de Amorim, 27 anos, atleta nacional de karatê é outra beneficiada com auxílio financeiro. “O projeto Olimpus foi anunciado em 2004, mas nos últimos anos não conseguimos receber nenhum centavo. Felizmente, agora, em 2019, foi reativado no Governo Mauro Mendes, uma grande vitória para os atletas. Mesmo com as competições paradas, o dinheiro recebido proporciona condições para manter meu preparo físico como atleta, garantindo um bom desempenho na representação do Estado nas provas da minha categoria”, explicou Nayara.

Thank you for watching

O secretário-adjunto da Secel, Jefferson Neves, destacou que a ideia do programa é “atender todos os atletas da cadeia esportiva, para que no futuro possamos ter bons competidores desde a base até o alto rendimento”.

Fonte:Folhamx/Foto: Christiano Antonucci

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *