Governador atende pedido de João batista e busca vacinação para Forças Policiais

DepJB

O pedido do deputado estadual João Batista do Sindspen (PROS), visando a prioridade na imunização contra Covid-19 para os profissionais da Segurança Pública, foi atendido pelo Governo do Estado, que articulou a proposta junto ao Ministério da Saúde. Em nota, a pasta informou que deve acatar a solicitação de Mauro Mendes e uma nota técnica sobre o assunto deve ser emitida ainda nesta quarta-feira (31). 

O parlamentar frisou que está percorrendo as bases nos municípios do interior do Estado, buscando ouvir os anseios dos profissionais da Segurança Pública e anunciando que as tratativas em busca da imunização, está em fase adiantada.

“Há tempos que estamos travando uma luta árdua em prol dessa vacinação. Assumi a presidência da Comissão de Segurança Pública na ALMT e destaquei que a imunização é a prioridade inicial do nosso trabalho. Além disso, indiquei a ao Governo Estado, a necessidade de imunizar esses servidores que são linha de frente nesta pandemia. De imediato, o governador sinalizou expectativa positiva sobre o assunto. Outras tratativas foram feitas, dentre elas, um diálogo reforçando esse pedido de vacinação, para o deputado federal Emanuelzinho que preside a Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado na Câmara dos Deputados”, explicou Batista.

O governador Mauro Mendes, destacou que o pedido protocolado no Ministério da Saúde foi em consonância com o pedido de João Batista, entre outras solicitações dos demais parlamentares da Assembleia Legislativa. Caso o pleito não seja atendido, uma resolução da Comissão Intergestores Bipartite (CIB-MT) deverá incluir profissionais das Polícias Militar, Civil e Penal nos grupos a serem imunizados contra o novo coronavírus.

“Acho justo e legítimo que todos os profissionais da segurança pública recebam a vacina. São eles que também estão na linha de frente todos os dias cuidando da população e dando combate às aglomerações e a imunização é necessária para que continuem prestando serviço à sociedade mato-grossense”, afirmou o governador.

João Batista enfatizou que sua indicação (nº 1627/2021) foi encaminhada ao Governo em 17 de março deste ano. Na oportunidade, o deputado agradeceu a iniciativa de Mauro Mendes e reforçou que o objetivo agora, é trabalhar para garantir que todas as categorias sejam beneficiadas com o imunizante, dentre elas, a Polícia Penal e o Sistema Socioeducativo de Mato Grosso.

“Os trabalhadores da policial penal, bem como do socioeducativo também estão na linha de frente, tanto quanto o  bombeiro e o policial militar. Por isso exigimos que todos os agentes das forças policiais e servidores da Segurança Pública sejam vacinados e colocados como prioridade. O governador já falou que nosso esforço será colocado em pauta e a exigência foi levada ao Ministério da Saúde. Na minha opinião, o policial precisa ser imunizado urgente. Nove policiais já morreram. Precisamos estancar esses números”, comentou o deputado. 

Segundo o Ministério da Saúde, as doses para as forças policiais serão distribuídas desde que não haja prejuízo para a vacinação de grupos de maior risco, como idosos e pessoas com comorbidades.

“Os Estados destinarão um percentual para os policiais a partir da quinta-feira, 1º, quando está prevista a entrega de novos lotes dos fármacos pelo Ministério da Saúde, este percentual ainda será definido pela pasta. Seguindo as novas regras, os grupos prioritários passam a contar com os profissionais das forças de segurança e de salvamento que realizam o transporte de pacientes com Covid-19, que fazem o apoio às ações de vacinação e que atuam na vigilância e no monitoramento das medidas de distanciamento social”, conclui trecho da nota.

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *