Proposta garante prioridade na restituição do IR para profissionais da Segurança Pública

a1ee9448dc23940dccc5771f967121a1

O senador por Mato Grosso, Jayme Campos (DEM), emplacou uma proposta visando dar prioridade aos profissionais que atuam no combate à pandemia da covid-19. Emenda do senador foi aprovada com unanimidade pelo Senado, nesta quarta-feira (7), colcoando os trabalhadores da segurança pública (Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Técnica e Guardas Municipais) como prioridade para receber a restituição do Imposto de Renda Retido na Fonte – IRRF que deve ser declarado anualmente.

“Votamos favorável à proposta de levar para 31 de julho a data final de declaração anual do Imposto de Renda, bem como a proposta de conceder o benefício da restituição antecipada para aqueles que perderam o emprego durante a pandemia e aos profissionais de saúde. Estendemos ele para os profissionais da segurança pública, que também estão na linha de frente e são fundamentais, como os outros”, disse Jayme Campos.

Para ele, este tipo de proposta é um estimulo para aqueles que diuturnamente estão no combate à covid-19 e sofrem mais os transtornos psicológicos da pandemia.

O senador lembrou que são várias propostas que visam resguardar a população como um todo e que necessitam ser colocadas em prática por causa dos efeitos da pandemia. “Acredito, assim como vários cientistas, que os efeitos da covid-19 permanecerão entre nós por um bom tempo e o novo normal exige dos legisladores medidas práticas e que tenham efeito positivo para este novo momento vivenciado no mundo e de forma severa no Brasil”, defendeu.

Além da nova data de declaração do Imposto de Renda proposta para 31 de julho, sem punição para aqueles que cumprirem o prazo e as prioridades na restituição para desempregados e trabalhadores da saúde e da segurança pública, Jayme, respondendo pela liderança do DEM no Senado, encaminhou voto favorável ao Projeto de Lei 4.815/2020, que implementa ações de prevenção ao suicídio entre profissionais de segurança pública e de defesa social, tamanho é o efeito que a pandemia tem sobre os profissionais e pessoas que estão afetadas e abaladas pelos danos e de mortes que estão galopando em todo o Brasil.

As propostas apresentadas e aprovadas no Senado Federal, aguardam apreciação e aprovação dos deputados federais.

Fonte: Única News/Foto Assessoria

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *