Secretário cita pior isolamento do país e alerta para aumento de casos da Covid-19

93340296-ecb2-427b-9841-9c925a8bcf7d

O secretário estadual de Saúde (SES), Gilberto Figueiredo, já se mostra preocupado com o aumento de número de casos no Estado e o consequente acréscimo da ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) da Covid-19. Segundo ele, a terceira onda da doença já está batendo à porta de Mato Grosso ou já mesmo atingiu as cidades, sendo que os efeitos serão sentidos nos próximos dias. O Estado tem o pior nível de isolamento social do país.

Conforme Gilberto, a ocupação de leitos de UTI é bastante importante para saber como a pandemia está se portando no Estado. “No boletim de ontem (23), chegamos a 86% de taxa de ocupação, o que já começa a trazer uma preocupação. Não há ainda um remédio específico para tratamento e sem vacina para toda população. Tanto nas enfermarias e UTIs, estamos experimentando novamente o crescimento de pacientes”, pontuou em entrevista à Rádio CBN Cuiabá.

“A flexibilização das medidas de isolamento social, afastamento, concorrem para esta elevação. É uma doença transmitida de pessoa para pessoa. Nós temos um nível de isolamento de 29%, o pior do país. Alguns eventos nos levam a acreditar na possibilidade do aumento de casos. Recentemente, tivemos comemoração dos Dias das Mães, quanto mais as pessoas se aglomeram, maiores são os casos”, explicou Gilberto sobre o aumento.

Apesar de citar o isolamento social como o principal modo de conter os casos, já que não há medicamentos comprovadamente funcionais e vacinas suficientes, Gilberto também diz entender que o comércio não pode parar novamente. “O que precisamos é de uma graduação entre as medidas mais rígidas e as flexíveis. Por enquanto, teremos que conviver com estas ondas e torcer para que o Plano Nacional de Imunização (PNI) possa acelerar o seu passo na forma de buscar a imunização de todos”.

 

Fonte: Olhar Direto / Foto: Reprodução

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *