Ex-secretário denuncia funcionário fantasma na prefeitura de Barão de Melgaço

Screenshot_20210529-140534_Chrome

O ex-secretário municipal de Habitação e Assuntos Fundiários de Barão de Melgaço, Naldino Padilha Gonçalves, pediu exoneração de seu cargo após ter denunciado um servidor fantasma nomeado pela prefeitura.

O documento de demissão encaminhado à prefeita Margareth Gonçalves (PSDB), informa que se sentiu extremamente desrespeitado ao não ser avisado da contratação de um suposto assessor para a pasta. Segundo Naldino, o contratado em questão, Antônio Cardoso de Moraes e Souza, nunca teria comparecido no local.

“O pedido da minha exoneração foi devido à falta de autonomia, respeito e consideração, uma vez que sonhamos com a possibilidade de desenvolver um trabalho com transparência e respeitando os princípios da gestão pública”, justifica Naldino em seu pedido de exoneração.

Conforme o ex-secretário, Antônio teria sido nomeado na portaria 51/2021 no dia primeiro (1) de março e só teve ciência 10 dias depois. Após o transtorno em torno da ausência do assessor, Naldino ainda informa que foi impedido de consultar a folha de pagamento do funcionário.

“Só fiquei sabendo do assessor contratado pela Secretaria do Sintep da subsede de Barão, que constatou que temos um funcionário que estava recebendo sem trabalhar, situação essa que é inaceitável em uma Gestão Pública que deve priorizar a transparência e honestidade”, escreveu Naldino.

Em nota, a prefeitura justificou o caso, alegando que as informações eram “infundadas” e informando a nomeação do suposto “fantasma” a secretário interino.

Veja:

“O secretário interino, Antônio Cardoso Moraes de Souza, quando ainda no cargo de assessor especial, cumpria extensa agenda de trabalho em Cuiabá, onde estão localizado os órgãos do Governo, autarquias, secretarias de estado, para que projetos, propostas e demandas do município possam ser atendidas.

Secretaria de Habitação
Prefeitura de Barão de Melgaço”

Fonte: Muvuca Popular

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *