Anvisa autoriza Mato Grosso a importar 71 mil doses da Sputnik V

b0526d032cdc914693e3e3c043e419ce

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou Mato Grosso a importar, de forma excepcional, aproximadamente 71 mil doses da vacina russa Sputnik V. A confirmação foi divulgada pelo governador Mauro Mendes (DEM).

Segundo Mendes, o Estado foi incluído na lista dos que receberam autorização para a compra em quantidade inicial de 1% da população.

Também receberam a autorização: Rio Grande do Norte, Rondônia, do Pará, Amapá, da Paraíba e de Goiás.

Segundo a Anvisa, a importação deverá ser realizada sob condições controladas.

As principais condições preveem que a vacina deverá ser utilizada apenas na imunização de indivíduos adultos saudáveis e que todos os lotes dos imunizantes importados somente poderão ser destinados ao uso após liberação pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS).

Além disso, a Anvisa receberá relatórios periódicos de avaliação benefício-risco da vacina; o imunizante deverá ser utilizado em condições controladas com condução de estudo de efetividade; a Anvisa poderá, a qualquer momento, suspender a importação, distribuição e uso das vacinas importadas.

O governador afirmou que trabalha para cumprir as exigências da agência.

“A aprovação da compra apresenta diversas condicionantes a serem cumpridas pelos estados. Por isso, o Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), está trabalhando junto com os demais estados no sentido de cumprir todas as imposições da Anvisa para efetivar a importação”, resumiu em nota.

Fonte: Folhamax / Foto: Secom-MT 

 

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *