Empresária baleada por Muvuca atravessa farmácia engatinhando para pedir ajuda na rua; veja o vídeo

b65983b65cebc6acc94f346dccd4b268

Imagens das câmeras do circuito interno de segurança da farmácia de Nádia Mendes Vilela, 33 anos, no Centro de Tangará da Serra (239 km da Capital), mostram a empresária ‘engatinhando’ pelo estabelecimento para salvar sua vida após ser alvo de quatro tiros disparados pelo ex, o jornalista José Marcondes, “Muvuca”, na manhã dessa segunda-feira (28).

De acordo com a gravação, Muvuca entra no estabelecimento enquanto Nádia está atendendo um cliente. Ele aguarda até que o homem saia.

Em seguida, eles trocam umas palavras, ela faz sinal de ‘não’ com o dedo e pede que ele aguarde, mas ele invade e vai para uma sala nos fundos e Nádia o acompanha.

Muvuca senta numa cadeira e a vítima se mantém em pé. Os dois começam a conversar e se desentendem, momento em que ele se levanta e Nádia se vê desesperada, por um instante tenta segurar o ex, mas ele saca a arma, momento em que teria efetuado o primeiro disparo.

Nádia corre, ele a segue e faz novos disparos. A empresária foi atingida por mais três tiros.
Para se salvar, a empresária atravessa a farmácia engatinhando até chegar na rua, onde recebeu ajuda de populares.

Cerca de 5 minutos após Nádia ser retirada da farmácia a Polícia Militar (PM) chegou e em seguida o resgate, quando encontraram Muvuca baleado ainda no interior da farmácia. Ele foi socorrido com vida, mas morreu poucas horas depois na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município.

De acordo com o vídeo, toda a ocorrência, da chegada de Muvuca à farmácia até o resgate do jornalista, durou cerca de 17 minutos.

Veja o vídeo do site Gazeta Digital

Fonte: RepórterMT / Foto: Reprodução 

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *