Socorrista encontra corpo da filha sob escombros de prédio em Miami

7d86e6f6953a58735258fa4e6de3ab0a

Um socorrista encontrou na quinta-feira (1) o corpo de sua própria filha, que estava desaparecida desde o desabamento parcial de um edifício em Surfside, Miami-Dade (Estados Unidos), informou a emissora de TV “Local 10”. A emissora obteve a informação de outro membro da força-tarefa, que pediu para não ser identificado.

 

No entanto, a informação não foi confirmada oficialmente, uma vez que as autoridades locais ainda não realizaram a entrevista coletiva diária quando atualizam como estão os trabalhos de resgate.

 

A fonte da “Local 10” afirmou que quando a menina foi localizada na noite de ontem, outros socorristas a retiraram da montanha de entulho e seu pai cobriu-a com seu casaco e colocou uma pequena bandeira dos Estados Unidos em cima dela.

Até o momento, são 18 mortes confirmadas e 145 pessoas seguem desaparecidas em decorrência do desabamento, ocorrido na madrugada de 24 de junho.

 

Os trabalhos de resgate foram retomados ontem à tarde, após uma interrupção de cerca de 15 horas devido a movimentos na parte do edifício que ainda se encontra de pé.

 

A prefeita de Miami-Dade, Daniella Levine Cava, indicou ontem que o mais provável é que essa parte seja demolida, mas caberá aos engenheiros que acompanham o resgate decidir como enfrentar este novo problema, agravado com a possível chegada do furacão Elsa ao sul da Flórida, no início da próxima semana.

 

Ontem, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e sua esposa, Jill, visitaram Miami-Dade para se encontrar com as autoridades responsáveis pela emergência, equipes de resgate e sobreviventes e familiares de vítimas e pessoas desaparecidas.

 

Biden prometeu que o governo federal arcará com as despesas nos primeiros 30 dias após a tragédia.

 

Nas últimas horas, foi revelada a identidade de mais uma vítima. A cubana Magaly Elena Delgada, de 80 anos, que morava sozinha em um dos apartamentos do prédio que desabou.

 

Um dos navios de cruzeiro da Royal Caribbean, o Explorer of The Seas, está servindo de alojamento para os socorristas e seus cães que chegam a Miami-Dade para ajudar nos esforços de busca e resgate.

 

O enorme navio, com capacidade para mais de 3 mil passageiros, está no porto de Miami desde ontem e já acomodou 80 socorristas, disse o CEO da Royal Caribbean, Michael Bayley.

Fonte: Gazeta Digital / Foto: Reprodução 

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *