Campanha de imunização contra a Influenza é liberada para toda a população acima de 6 meses de idade

825a76e8caa965255a44a06a4d2066e4

O Ministério da Saúde liberou, a partir desta segunda-feira (5), a campanha de vacinação contra a Influenza para a população em geral, a partir de 6 meses de idade. A decisão tem como motivação a baixa adesão dos grupos prioritários que vinham sendo atendidos até então. Em Cuiabá, dentre as 107 Unidades Básicas de Saúde, apenas algumas não estão direcionadas para a aplicação da vacina contra a Influenza

Apesar da ampliação, pessoas que fazem parte dos grupos prioritários continuam sendo imunizadas. São eles: motoristas, cobradores e auxiliares do transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, Forças de Segurança e Salvamento e Forças Armadas, crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade, gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde, idosos, professores e caminhoneiros.

De acordo com o coordenador de Programas Estratégicos da Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá, Wellington Assunção Ferreira, é de extrema importância se vacinar contra a gripe, uma vez que a procura nos postos de saúde está baixa. “Devido à pandemia, grande parte da população só está preocupada em ser vacinada contra o coronavírus, mas as pessoas precisam entender que o vírus da gripe também é perigoso e pode levar ao óbito. Pedimos às pessoas que fazem parte dos grupos contemplados que procurem uma unidade básica de saúde e se vacinem contra a gripe. Para isso, basta levar um documento pessoal com foto e a caderneta de vacinação”, disse o coordenador.

Todas as unidades aplicam a vacina exceto:

Wellington Assunção ainda destaca que dentre as 107 unidades básicas de saúde da Capital, apenas algumas não estão direcionadas para aplicar a vacina contra a Influenza “devido a essas unidades serem referência para a população que procura a unidade com algum sintoma de covid-19 e não ser possível fazer a separação dos demais pacientes”, disse Assunção.

As unidades que NÃO estão aplicando a vacina da Influenza são: PSF Osmar Cabral / Liberdade, PSF Nova Esperança, PSF Pedra 90 lll e lV e PSF São Gonçalo, na região Sul; PSF Novo Horizonte e CS Ana Poupina, na região Leste; PSF Santa Amália /Jd. Araçá, PSF Santa Isabel I e II e PSF Santa Isabel III, na região Oeste.

Orientações para quem se vacinou contra a Covid-19

A vacina protege contra a Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B. Importante destacar que deve ser observado um intervalo de 15 dias entre a vacina da Influenza e a da Covid-19. No caso de a pessoa ter tomado a primeira dose das vacinas Pfizer ou Astrazeneca, a dose da vacina contra a Influenza pode ser tomada 15 dias após a primeira dose. No caso da Coronavac, que tem intervalo menor entre as duas doses, a vacina da gripe deve ser tomada 15 dias após as duas doses da Coronavac.

Fonte: Olhar Direto Foto: Gustavo Duarte

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *