PEC da EMPAER: João Batista defendeu a Agricultura Familiar e empregos de servidores

PEC EMPAER

Durante a sessão plenária vespertina, realizada na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), nesta terça-feira (06), o deputado estadual João Batista do Sindspen (Pros), foi um dos principais defensores da PEC nº 010/2021, que trata da reintegração dos 61 servidores da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer).

 

Com 23 votos “sim” e uma ausência, a PEC de autoria das lideranças partidárias, foi proposta para atender especificamente os trabalhadores que foram demitidos pelo governador Mauro Mendes (DEM), por conta da efetivação nos cargos em razão de um processo seletivo tido como precário realizado na década de 90.

 

João Batista foi relator da PEC e fez ampla defesa sobre a atuação da Empaer em 94% dos municípios do Estado. Na ocasião, o parlamentar enfatizou a importância da empresa que atende por ano, mais de 45 mil agricultores, entre homens e mulheres rurais, indígenas, pescadores, jovens, entre outros.

 

“Essa PEC vem de encontro a necessidade de manutenção do cargo destes servidores, muitos deles, estão trabalhando há mais de 30 anos em prol da Agricultura Familiar no Estado. A Empaer cumpre um relevante papel, prestando assistência técnica e orientação aos pequenos agricultores nos 141 municípios. De uma hora para outra, os servidores viram seu único sustento ser retirado de forma abrupta, isso não é justo”, disse o deputado.

 

Com a aprovação da matéria, uma comitiva formada pelo deputado João Batista e demais parlamentares, devem seguir rumo ao Palácio Paiaguás, para uma “intervenção” junto ao governador Mauro Mendes (DEM).

 

“Durante a reunião com representantes da Empaer, o colega parlamentar Wilson Santos, sugeriu que uma comitiva fosse formada após a aprovação da PEC. Este grupo irá até o Palácio Paiaguás para mostrar ao governador a real necessidade de recondução dos servidores ao cargo imediatamente”, explicou.

 

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *