Categoria: Dia-a-dia

Redacao3 de julho de 2021
fbb75c83bd5900a50b230898e2b6de57.jpg

1min00

Moradores de Jardim Santa Lúcia, em Águas Lindas (GO) encontraram uma cabeça decapitada na praça do bairro, na noite desta sexta-feira (2/7). O Metrópoles teve acesso a fotos e vídeos feitos por supostos rivais do homem morto, mas as imagens não serão mostradas por serem muito fortes.

A Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO), o Instituto Médido Legal (IML), a equipe de homicídios da Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) e a perícia estão no local em que a cabeça foi encontrada. Não há informações sobre o corpo do homem morto, nem da identidade dele ou da motivação para o assassinato.

Nas imagens que circulam nas redes sociais, há um vídeo em que dois rapazes exibem a cabeça decapitada e mandam um recado para um grupo rival. “Um recadinho pra vocês aí, derrama nosso sangue seus malditos, que nóis vai buscar vocês (sic). Não passa nada, daquele jeitão”, afirma um dos homens.

Fonte: RepórterMT / Foto: Reprodução 


Redacao1 de julho de 2021
Mulher-queimadura-festa-Junina-636x420-1.jpg

2min00

Uma mulher de 35 anos teve queimaduras graves na perna e no braço ao ser jogada em uma fogueira de festa junina pela amante do marido. O episódio aconteceu no domingo (27) à noite, durante uma festa na zona rural de Dom Aquino (172 km de Cuiabá). 

Conforme a Polícia Militar, o crime ocorreu após uma discussão entre o marido da vítima e uma mulher que seria a suposta amante. A vítima disse à polícia que teria descoberto que ambos têm um caso amoroso. 

Com raiva pela situação, ela foi cobrar explicação da suposta amante, uma mulher de 39 anos. Então, foi garrada pelos braços pela rival e jogada na fogueira.  

Ela foi socorrida por populares, que chamaram a PM. Conforme relatos no boletim de ocorrência, o marido não tentou retirar a mulher da fogueira, mesmo aos gritos com pedido de ajuda.  

A vítima foi levada para o hospital Bom Jesus, em Dom Aquino. 

Não há informação no boletim de ocorrência sobre a situação de saúde da vítima. O marido e a amante foram presos e levados para a Central de Flagrantes. Eles devem responder por lesão corporal e omissão de socorro. A Polícia Civil assumiu a investigação. 

Fonte: O Livre / Foto: Reprodução 


Redacao1 de julho de 2021
cf667c59ea95988b593f34e6cdb6398660de01d4cd5b9.jpeg

5min00

O deputado estadual João Batista do Sindspen (Pros) participou, nesta quinta-feira (1), do lançamento das ações do governo do estado que preveem gestão de resposta da Temporada de Incêndios Florestais (TIF) 2021, período em que haverá reforço das ações das forças de segurança pública no combate aos incêndios florestais e ao desmatamento ilegal em todo o estado. João Batista, que é presidente da Comissão de Segurança Pública e Comunitária (CSPC) da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), esteve no evento com objetivo de acompanhar a solenidade de entrega dos veículos que serão utilizados pelas forças de segurança e pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), no combate as queimadas.

“As ações e os veículos que foram entregues serão de grande valia para o combate às queimadas no Pantanal e nas regiões de Cerrado dentro de Mato Grosso. Isso garante mais segurança aos nossos profissionais, que vão atuar na linha de frente do combate aos incêndios, sem falar da extrema importância que é o salvamento de vidas, podendo ainda recuperar a fauna e a flora para que não se repita a grande tragédia das queimadas que vimos no ano de 2020”, ressaltou.

Na ocasião, o deputado lembrou que parte recurso utilizado para compra dos equipamentos, é oriundo do duodécimo da ALMT, destacando as ações que envolvem a participação do Sistema Penitenciário, por meio da mão de obra de reeducandos no combate às chamas, citando o exemplo dos abafadores produzidos no Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC).

“Parabenizo o governo do estado pelo trabalho desenvolvido, que contará com a mão de obra dos reeducandos que vão atuar como brigadistas durante a temporada de incêndios florestais deste ano. Cerca de 1.200 abafadores foram construídos e serão entregues às forças de segurança para o combate ao incêndio. Em nome da ALMT, que é parceira do governo do estado, com os investimentos de parte do duodécimo, garantimos a mesma parceira para o próximo semestre”, disse João Batista.

O lançamento das ações contou com a presença do governador Mauro Mendes, do secretário nacional de Segurança Pública, Carlos Paim, dos secretários de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, e de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, além do comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, Alessandro Borges e outras autoridades estaduais.

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) entregou 40 veículos locados, sendo 20 para a as equipes da Superintendência de Fiscalização para o combate ao desmatamento ilegal, e 20 para a fase de resposta comandada pelo Corpo de Bombeiros Militar com brigadistas em campo nas áreas com maior incidência de focos de calor.

O dia 1º de julho marca também a data em que começa o período proibitivo do uso do fogo em Mato Grosso, que foi adiantada por decreto estadual. Com o Decreto nº 938/2021, fica proibida qualquer atividade de limpeza de pastagem com o uso do fogo nas áreas rurais até 30 de outubro de 2021. O uso do fogo em áreas urbanas é proibido o ano todo.

Ação Parlamentar

No dia 28 de abril deste ano, o deputado João Batista apresentou o Requerimento de Informações nº 183/2021, destinado ao Executivo estadual e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), solicitando informações acerca do plano de prevenção as queimadas em Mato Grosso no ano de 2021.

De acordo com o parlamentar, as informações tiveram a finalidade de evitar e prevenir focos de incêndios, visando impedir uma nova tragédia em nosso bioma como foi registrado no ano passado.

“Apresentei o requerimento tendo em vista, que o número de queimadas em Mato Grosso aumentou 56% em 2020, em relação ao mesmo período de 2019, fatos que foram amplamente divulgados no cenário mundial. Só no Pantanal, o aumento foi de 96%, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe)”, conclui trecho do documento apresentado e aprovado pela ALMT.

 


Redacao1 de julho de 2021
fce3840524043b661de67b899ff0bff6.jpg

2min00

Moradores do município de Poconé (104 km de Cuiabá) registraram os efeitos de uma pequena geada que aconteceu na madrugada desta quinta-feira (01). Por meio de vídeo é possível ver um carro coberto de gelo.

De acordo com o site Clima Tempo, por volta das 04h, os termômetros marcaram 8 graus na cidade. A sensação térmica nesse período ficou na casa dos 4.

Apesar do registro oficial, a quem diga que a sensação na região da Salinas Gold Mineração Ltda, foi de zero grau nesta madrugada.

No vídeo é possível ver um veículo Volkswagen Voyage preto estacionado no pátio da empresa, coberto com uma fina camada de gelo. A situação impressionou os trabalhadores e a população do município.

“Isso aqui é gelo, no garimpo Salinas. Será que estava frio?”, questionou o morador na gravação.

A temperatura começou a cair em alguns municípios de Mato Grosso desde a última segunda-feira (28). O frio de quase zero grau já bateu recorde neste ano. Em Cuiabá, a manhã desta quinta registrou 7 graus.

A previsão aponta que o tempo gelado deve continuar até a próxima semana. O poconeano que se acostumou com calor de mais de 40ºC, está reclamando de tanto frio.

Veja vídeo:

Fonte: RepórterMT / Foto: Reprodução 


Redacao1 de julho de 2021
e47zdlfwuaax4uz.jpg

13min00

Pesquisadores da Nova Zelândia e do Reino Unido desenvolveram um dispositivo odontológico para promover a perda de peso. Chamado de DentalSlim Diet Control, o aparelho limita a abertura da boca, fazendo com que a pessoa não consiga ingerir alimentos sólidos, apenas líquidos.

Adaptado por um dentista, o dispositivo magnético utiliza ímãs que prendem os molares superiores aos molares inferiores, limitando assim a abertura da boca a apenas 2 milímetros.

O intuito do aparelho, segundo os pesquisadores, é restringir a alimentação dos pacientes obesos que desejam emagrecer a uma dieta estritamente líquida e que promova uma rápida perda de peso.

“O dispositivo pode ser particularmente útil para aqueles que precisam perder peso antes de se submeter à cirurgia e para pacientes com diabetes para os quais a perda de peso pode iniciar a remissão”, argumentam os pesquisadores.

Como funcionou o estudo

 

Para avaliar a eficácia e a tolerância das pessoas ao uso do dispositivo, pesquisadores da Universidade de Otago, na Nova Zelândia, e do Hospital Escola de Leeds, no Reino Unido, realizaram um estudo clínico com sete mulheres obesas que desejavam emagrecer.

Os resultados da pesquisa foram publicados na revista científica “The British Dental Journal“, da Nature.

As participantes utilizaram o mecanismo por duas semanas e passaram por consultas de revisão após 1, 7 e 14 dias de uso, onde deveriam relatar suas impressões sobre o dispositivo.

Ao fim do período, cada mulher perdeu cerca de 6,36 kg. No entanto, duas semanas após a remoção do dispositivo, houve ganho médio de peso de 0,73 kg.

Vida ‘menos satisfatória’ e constrangimento

 

Embora o texto afirme que “o dispositivo foi projetado de forma que a configuração mantivesse as vias aéreas, permitisse a fala e a alimentação com dieta líquida”, as pacientes relataram dificuldade em pronunciar algumas palavras.

Entre os efeitos adversos do dispositivo, as mulheres relataram desconforto intenso do atrito do dispositivo com as bochechas e indicaram que “ocasionalmente, se sentiam constrangidas, e que a vida, em geral, era menos satisfatória”.

Apesar dos apontamentos das pacientes, os pesquisadores defendem que o dispositivo não tem efeitos adversos e que o uso do aparelho pode ser uma alternativa mais barata e mais segura do que a cirurgia bariátrica.

“Portanto, sugere-se que muitas pessoas obesas podem achar este um tratamento alternativo atraente para alcançar uma perda de peso bem-sucedida”, afirmam os pesquisadores.

Alto risco de asfixia e outros problemas

 

Segundo o autor e vice-reitor da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade de Otago, Paul Brunton, o dispositivo é “uma alternativa não invasiva, reversível, econômica e atrativa aos procedimentos cirúrgicos”.

O estudo clínico, contudo, traz informações que contradizem a frase do autor.

A investigação relata que o uso do mecanismo “oferece alto risco de asfixia” caso os pacientes vomitem ou tentem ingerir alimentos sólidos.

“Foi incorporado um mecanismo de segurança que permite o desligamento do dispositivo em caso de uma emergência, como um ataque de pânico ou quando surge a possibilidade de asfixia”, afirmam os pesquisadores do estudo clínico.

Essa não é a primeira vez que é criado um dispositivo com o propósito de “fechar a boca”. Em 1980, um dispositivo semelhante se tornou popular.

Na época, pacientes que utilizaram o aparelho por cerca de 9 a 12 meses desenvolveram doença gengival. Em alguns casos, houve problemas contínuos com a restrição do movimento da mandíbula e alguns desenvolveram condições psiquiátricas agudas.

Para o dentista especializado em disfunção temporomandibular pela Escola Paulista de Medicina, Gustavo Issas, esse é um dos muitos problemas relacionados à saúde bucal que o uso prolongado do dispositivo pode proporcionar.

“O uso prolongado de um dispositivo que limita a mobilidade da mandíbula pode causar danos temporários ou até mesmo irreversíveis à articulação da face”, afirma Issas.

Para Angélica Messa Gargel, especialista em ortodontia, o uso do dispositivo também impossibilita a higiene bucal, pois dificulta o uso do fio dental e a remoção da placa bacteriana através da escovação.

“Manter a higiene bucal em dia é primordial, pois a boca é a maior cavidade do corpo a ter contato direto com o meio ambiente e acaba sendo porta de entrada para bactérias e outros microrganismos”, afirma

O risco das dietas líquidas

 

Para Fernanda Imamura, nutricionista especializada em transtornos alimentares pelo Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), a restrição alimentar, seja ela qualitativa ou quantitativa, traz diversas consequências negativas para a saúde física e mental, podendo gerar ansiedade, estresse, mau humor e, em muitos casos, ter o efeito contrário ao desejado, promovendo pensamentos obsessivos com a comida.

“Na minha opinião, o dispositivo proposto no estudo desumaniza as pessoas gordas e é praticamente uma forma de tortura”, afirma Imamura.

A obesidade, segundo ela, é algo multifatorial e que “utilizar um imã para que as pessoas fiquem com a boca fechada é ignorar toda a complexidade da alimentação e do ser humano e se distancia completamente do que é promover saúde”.

Imamura explica que dietas líquidas podem ser usadas em casos muito específicos de doenças e de pós-cirúrgicos, mas não devem ser incentivadas para a população como uma estratégia para o emagrecimento ou para a promoção da saúde.

A mastigação é um ato importante, não só biologicamente por promover a movimentação da articulação do músculo, mas também porque é o primeiro passo do processo digestivo.

Além do mais, a alimentação e suas características, como aroma e sabor, envolvem um importante fator psicológico e emocional: afeto.

“Estimular dietas líquidas promove uma relação ruim com a comida, pois é uma forma de restrição alimentar muito intensa e pode ser gatilho para o desenvolvimento de transtornos alimentares”, afirma Imamura.

Fonte: G1 / Foto: Universidade de Otago 


Redacao30 de junho de 2021
8cf2a3c4029fea00cbc13b9f823f3e86.jpg

3min00

Um jovem de 19 anos que supostamente acreditava estar batizando e exorcizando demônios do seu pai antes em um lago em Duxbury (Massachusetts, EUA) foi preso após a morte de Scott Callahan, de 57 anos, na noite do último domingo (27/6).

Jack Callahan foi detido sem direito a fiança após se declarar inocente de uma acusação de assassinato na terça-feira (29/6) no tribunal distrital de Plymouth.

A polícia disse que Callahan foi a um bar em Boston no domingo à noite para buscar o pai, que não deveria estar bebendo. Um Uber os pegou e deixou às margens do lago de Island, no parque Crocker, perto da casa em que moravam.

Jack disse que seu pai bateu nele. Então, a luta mudou para o lago. O promotor Shanan Buckingham disse que o jovem disse aos investigadores que acreditava estar batizando seu pai no lago para exorcizar seus demônios.

“Ele descreveu que estava segurando seu pai pelas costas como um bebê no lago, que ele continuamente mergulhava a cabeça do pai na água cerca de quatro a oito vezes, que quando o pai começava a tossir e sufocar, ele levantava sua cabeça para cima e, então, quando o pai começou a lutar e golpeá-lo, ele empurrou a cabeça de volta para a água. Ele fez isso até que seu pai não estivesse mais lutando e estivesse boiando”, completou o promotor no tribunal, de acordo com afiliada da rede CBS.

“O réu indicou aos policiais que fez declarações à vítima nesse momento, afirmando: ‘Eu o deixei lá para decidir, você pode ir para o céu comigo ou para o inferno. Eu acho que ele escolheu o inferno.'”, acrescentou ele.

Jack disse aos investigadores que desmaiou e, quando acordou, o seu pai estava “desaparecido”. Na madrugada de segunda-feira (28/6), a polícia recebeu uma ligação e foi ao lago, encontrando Scott morto. O filho foi preso logo em seguida, acusado de homicídio. Ele passou por avaliação psicológica.

Fonte: RepórterMT / Foto: Reprodução


Redacao30 de junho de 2021
505972333e4e34e65e92db8327ab7c93.jpg

5min00

A delegação do Flamengo desembarcou no fim da tarde desta quarta (30), no Aeroporto Internacional de Cuiabá. O Rubro-Negro tem compromisso contra o Dourado, nesta quinta (1º), na Arena Pantanal, pela oitava rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Uma multidão de torcedores acompanhou a chegada do time no aeródromo, em Várzea Grande. A maioria não respeitou o distanciamento social e também não usava máscara de proteção facial. Apesar de marcarem presença no local, as pessoas não tiveram contato com os jogadores, que saíram do avião direto para um ônibus que já aguardava na pista de pouso. A delegação ficará hospedada no Gran Odara Hotel, na Capital.

 

Esta é a quinta vez que o Flamengo jogará na Arena Pantanal. No mesmo local, o time do Rio de Janeiro já enfrentou Goiás, Vasco, Santos e Fluminense. O que chama atenção, é que os rubro-negros nunca conseguiram vencer jogando no estádio que foi construído para a Copa do Mundo de 2014. Além disso, a equipe de Rogério Ceni terá a missão de quebrar outro jejum – o de jamais ter marcado gol na Arena.

O Flamengo chega com vários desfalques para este jogo, entre eles o goleiro Diego Alves. O jogador não viajou a Cuiabá por precaução, após avaliação dos fisiologistas do clube. Gabriel Batista é o favorito para o lugar. Outras baixas da equipe carioca são por conta da disputa da Copa América no Brasil. Por outro lado, o zagueiro Rodrigo Caio volta a ficar à disposição de Ceni.

O Rubro-Negro é o atual campeão brasileiro. Os cariocas vem de um tropeço diante do Juventude; enquanto o Auriverde somou um ponto no empate diante do Sport, no Recife. Na tabela de classificação, os mato-grossenses aparecem na 16ª colocação com 4 pontos, e com dois jogos a menos do que a maioria dos clubes. o Flamenfo, por sua vez, ocupa a 10ª posição, com nove pontos somados.

Provável escalação do Flamengo: Gabriel Batista; Matheuzinho, Willian Arão, Rodrigo Caio e Filipe Luis; Diego, João Gomes, Vitinho e Michael; Bruno Henrique e Pedro.

Reencontro

O volante Pepê vai reencontrar a sua ex-equipe pela primeira vez. O jogador vive um bom momento no Cuiabá, inclusive, com nova função dentro de campo. Ele é um dos destaques do time na Série A. Os números comprovam o bom rendimento em campo. Ao todo, o atleta tem 28 desarmes completos, que resulta em média de 5,6 roubadas de bola por partida, a maior média entre todos os jogadores que disputam a elite.

Em contrapartida, o Dourado não terá o lateral-direito João Lucas em campo diante do Flamengo. O jogador pertence ao Rubro-Negro e por contrato não pode atuar contra o ex-time.

Provável escalação do Cuiabá: Walter; Lucas Ramon, Paulão, Marllon e Paulão; Yuri Lima, Rafael Gava e Pepê; Clayson, Jonathan Cafu e Elton.

Cuiabá e Flamengo se enfrentam nesta quinta (1º), às 20h (de Brasília), na Arena Pantanal, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

 Veja mais momentos da recpção dos torcedores

Fonte: RD News / Foto: Reprodução 


Redacao30 de junho de 2021
WhatsApp-Image-2020-08-21-at-12.16.45-560x420-1.jpeg

2min00

Na madrugada desta quarta-feira (30), as cidades de Cuiabá e Chapada dos Guimarães registraram as temperaturas mais baixas do ano até o momento. Na ocasião, estiveram mais frias que a famosa região congelada do Alasca.

No mesmo momento em que Cuiabá teve mínima de 8ºC e Chapada dos Guimarães registrava 5ºC, no Alasca fazia 12ºC. A temperatura foi marcada no município de Anchorage.

Madrugada mais fria do ano

Desde o início de 2021, Mato Grosso não havia passado por uma onda de frio tão intensa.

E o frio pode se arrastar ainda pela noite desta  quarta-feira (30) e também ao longo da quinta-feira (1), conforme as previsões.

Alasca fora do inverno

Embora o Alasca possa registrar temperaturas muito menores que as que ocorreram em Cuiabá nesta semana, a região está localizada no hemisfério Norte, onde não é inverno.

Por iconta disso é que, por lá, acabou fazendo mais “calor” do que em Mato Grosso.

Veja o registro das temperaturas

 

 

Fonte: O Livre / Foto: Reprodução


Redacao29 de junho de 2021
34b81e07673a14dd3451b7a2aa242ef9.jpg

1min00

O tempo gelado que tem afetado Mato Grosso deixou alguns cuiabanos trancados em casa e aqueles que precisam sair para trabalhar sofrem com o vento gelado.

Quem andou pelas avenidas de Cuiabá nesta terça-feira (29) percebeu que até o trânsito está mais tranquilo. É que sair da cama ou de casa só se for para fazer algo extremamente importante. Claro, que terão os fortões afirmando que não está frio.

Como previa os meteorologistas, a Capital amanheceu com 11 graus, mas a sensação é que estamos dentro de um freezer. O pior é que a previsão aponta uma queda ainda maior nas próximas horas. Sei que não é animador, mas os termômetros podem marcar até 8 graus nesta quarta-feira (30).

Caso se confirme, essa será a menor temperatura dos últimos anos em Cuiabá.

Aquele que quiser passar mais frio pode ir até Chapada dos Guimarães (65 km da Capital) onde os termômetros devem apontar 3 gruas.

Fonte: RepórterMT / Foto: Reprodução


Redacao29 de junho de 2021
7b90ed6aec01219fa115a1517e19f0f7.jpg

3min00

Aempresária e farmacêutica Nádia Mendes Vilela, de 33 anos, alvejada com tiros efetuado pelo ex-namorado e jornalista José Marcondes, o Muvuca, não corre risco de morte. Contudo, o estado ainda é considerado grave e ela está em coma induzido em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital e Maternidade de Santa Ângela, em Tangará da Serra (a 244 km de Cuiabá). Muvuca atirou contra a vítima por não aceitar o término do relacionamento há cerca de três meses.

A reportagem do RD News apurou que ela está reagindo bem aos procedimentos médicos e que o quadro dela está estável, mas uma bala ainda está alojada no pulmão e um dreno foi instalado para retirar a hemorragia. Ela ficou ferida na mão, cabeça e tórax.

Imagens do circuito interno de segurança da farmácia que Nádia tem no Centro de Tangará mostram o momento em que ela é atingida pelos disparos. Muvuca entra no local e vai direito até a ex. Eles conversam rapidamente e, em seguida, vão para uma sala reservada. Conversam mais alguns instantes e o jornalista saca a arma.

Nádia se desespera e tenta se defender e deixar o local de imediato, mas não consegue. Em seguida, ela é atingida por três tiros. Mesmo ferida, nas imagens das câmeras, que captaram a movimentação dentro e fora da farmácia, é possível ver a vítima correndo para fora do estabelecimento ferida. Nesse momento, ela é socorrida por uma funcionária do estabelecimento.

Após disparar contra Nádia, Muvuca atirou contra a própria a cabeça. Chegou a ser socorrido com vida, em estado grave e encaminhado para o Hospital Municipal de Tangará com uma grande lesão no cérebro. Depois, foi transferido para o Hospital das Clínicas, não resistiu e morreu durante um procedimento cirúrgico na noite desta segunda (29).

Fonte: RD News / Foto: Reprodução